The Traitors - Capítulo 19

| | |

Capítulo dezenove - A briga das vadias

SeuNome P.O.V's
 Não era bem meu estilo sentir culpa das coisas que fiz mas de uns tempos pra cá isso vem sendo minha marca registrada e é uma droga. Depois do surto do senhor Hughes eu me dei conta do que havia feito e por mais que Mendy merecesse cada palavra a culpa pesava em mim. Rebeca me deu uma desculpa minutos depois do acontecido e saiu correndo, me sentei em um banco esperando a culpa passar mas ela não passou o que só me provou que eu não precisava ser igual Mendy, eu não precisava ter feito o que eu fiz. Me levantei com certeza do que iria fazer e andei rápido em direção ao abatedouro trombando com algumas pessoas no caminho mas eu não me importava porque a única coisa que latejava na minha cabeça era "conte a verdade" e eu iria contar, afinal essa não era a verdadeira eu.

 Quando cheguei na porta do abatedouro eu suspirei fundo antes de bater, não era legal estar ali. Finalmente tomei coragem e dei duas batidas na porta ouvindo a voz grossa e abafada do diretor me mandar entrar. Abri a porta tremendo e ao abrir vi ali Mendy e Sadie, ótimo, agora eu estava extremamente fodida.
Sr.Hughes: O que quer aqui mocinha? Estou ocupado agora,
Eu: Fui eu que escrevi a carta, senhor.- eu disse de cabeça baixa-
Sr.Hughes: Jura? Pois foi o que essas duas acabaram de me dizer.- eu arregalei os olhos assustada- Entre e se sente, já conheço sua carinha de confusões passadas.- ele disse e eu entrei em sua sala fechando a porta atrás de mim em seguida e indo me sentar desconfortavelmente no meio de Mendy e Sadie- O que te trás realmente aqui?- se dirigiu a mim-
Eu: Não importa o que elas tenham dito, fui eu que escrevi a carta, diretor.
Sr.Hughes: E porque eu tenho que acreditar no que você diz?
Eu: Porque eu não estaria aqui se não tivesse feito.
Mendy: Ela está mentindo diretor, eu mesma escrevi a carta.- eu a olhei, era estranho ela estar me defendendo - Eu já disse que queria ter o reconhecimento que mereço e escrevi a carta pra mim mesma.
Sadie: As duas são uma fraude ridícula, olhe só pra elas, tão idiotas e essas carinhas de anjos trouxas. Você acha mesmo que essas garotas escreveram a carta diretor? É tão absurdo que chega até ser hilário.- forçou a risada- Eu escrevi a maldita carta e não a nada que elas falem que vai mudar isso.

 O senhor Hughes nos olhava sério, parecia não estar convencido de que uma de nós havia escrito a carta.
Sr.Hughes: Eu não acreditava em nenhuma até você abrir a boca.- apontou pra Sadie- Você tem mesmo vocação pra escrever uma carta como essa, mas as ofensas saem da sua boca com tanta facilidade que você poderia ter falado pessoalmente e não ter feito essa zona na minha escola... Saxton me desculpe mas vou ter que expulsar você.- eu arregalei os olhos não acreditando no que tinha ouvido e olhei pra Sadie que estava séria-
Sadie: Tudo bem diretor, eu posso suportar isso...- ela sussurrou  com a cabeça baixa-
Sr.Hughes: Vou informar seus pais e deixar sua transferência na secretaria, podem se retirar.

 Mendy foi a primeira a se levantar e em seguida eu e depois Sadie. Saímos da sala na mesma sequência e andamos juntas até uma boa distância da sala do senhor Hughes e então Mendy parou me obrigando a parar, Sadie estava sorrindo e parou de andar também, estávamos em um circulo de três pessoas, uma olhava para a outra mas as duas em um momento pareceram me ignorar ali.
Mendy: Eu sabia que você não era tão confiável assim.
Sadie: Você é a garota mais falsa que eu já conheci em toda a minha vida.- ela disse gesticulando com as mãos, eu estava sobrando ali e quando dei um passo pra me afastar Sadie me impediu- Fica.
Mendy: Você é uma vadia Sadie e isso nunca vai mudar.
Sadie: Ah sou sim, eu estou me sentindo especialmente vadia hoje.
sadie saxton hilarious gif
Eu: E porque eu tenho que ficar aqui?
Sadie: Porque foi você que escreveu a carta, não foi?
Eu: Sim foi, mas essa discussão não tem nada a ver comigo.
Mendy: Você é uma vadia.- Mendy disse me olhando e eu a ignorei-
Sadie: Fica ai, eu falo com você depois.- disse pra mim e voltou sua atenção pra Mendy- Meus pais finalmente faliram, eu finalmente vou me livrar de você e não ter que fazer tudo o que você me pede.
Mendy: Você foi expulsa, não vai mais ficar me vigiando como sempre fez, me atrapalhando com as coisas que eu faço.
Sadie: Eu levei várias culpas por você, quando jogou a bola na SeuNome e colocou a culpa em mim. Eu já fiz tantas coisas por você e você só me apunhalou pelas costas. Eu gostaria muito de ter escrito a carta pra revelar mais coisas, você é tão imbecil que acha que todos gostam de você pela sua popularidade mas... você nem popular é, só tem fama de puta.- Sadie sorria enquanto Mendy estava com cara de choro-
Mendy: Eu te odeio.- ela disse e virou as costas andando rápido
Sadie: É uma honra pra mim não ser obrigada a olhar mais nessa sua cara de cavalo!- gritou e se virou pra mim sorrindo- Precisamos conversar.

Meia hora depois eu estava em um café com Sadie, estávamos sentadas perto da enorme janela de vidro com vista pra rua e quando o garçom colocou nossos pedidos na mesa ela finalmente começou a dizer coisas que faziam sentido pra mim.
- Se precisarem de mais alguma coisa é só chamar.- o garçom disse e saiu enquanto assentimos com a cabeça-
Sadie: Acredite, é mais difícil pra mim estar aqui do que pra você.- ela suspirou e mexeu seu café com uma colherzinha e a pousou ao lado da xícara-
Eu: Eu não estou entendendo nada se quer saber.
Sadie: Eu vim esclarecer algumas coisas sobre Mendy.
Eu: Jura que quer falar sobre ela? É tão enjoativo.- tomei um gole do meu cappuccino enquanto a observava-
Sadie: Ela é horrorosa.
Eu: Disso eu já sei.- rimos- 
Sadie: Mas então, ela é apenas mais uma garota mimada que sempre teve tudo o que quer nas mãos. Mas acho que isso não andava acontecendo mais e ela pareceu se revoltar e querer passar por cima de todos pra conseguir as coisas e...
Eu: Liam era uma das coisas que ela queria.- a interrompi-
Sadie: Isso... mas todos sabem que o gay do Liam é apaixonado por você desde a oitava série, não sei direito e você é praticamente um nada naquela escola, sem ofensas.
Eu: Ah, que isso, nem estou ofendida.- eu estava-
Sadie: Então, quando ela e Liam se beijaram eu estava vendo tudo e acredite Liam não queria, como sabe ela fez tudo a força o que é bem típico dela, eu queria ter te avisado SeuNome mas infelizmente eu não tive tempo de fazer isso e você se quer sabia que eu existia.- assenti mordendo um bolinho- Não precisa confiar em mim mas... eu peço que confie. Com tudo que aconteceu hoje eu tenho certeza que Mendy vai se dar conta do que é e de tudo o que fez pra várias pessoas. Se ela te pedir desculpas, aceite.
Eu: Porque eu deveria?
Sadie: Ela não pede desculpas nem pra um cachorro quando pisa na patinha dele, então se ela te pedir desculpas é de coração.- ela disse e eu assenti-
Eu: E quanto a sua expulsão? Foi por minha causa, não pode ficar assim.
Sadie: Meus pais faliram SeuNome, perdemos nossa casa e só temos dinheiro pra passagem de ida pro interior, mal temos grana pra comprar a nossa janta quem dirá pagar a escola. Meu pai quer sair daqui o mais rápido possível.
Eu: Mas porque? Londres é tão grande, ele pode arranjar um emprego por aqui mesmo, olha meu pai tem uma empresa se quiser eu...
Sadie: Não precisa, eu quero mesmo é ir embora daqui, esquecer as pessoas e as coisas.
Eu: E o Zayn? Ele me falou de vocês hoje, ele está encantado por você.
Sadie: Por mim ou pelo sexo? As vezes me faço essa pergunta.
Eu: Não seja idiota... o conheço a pouco tempo mas ele não é desse tipo, pelo que eu saiba ele não fica falando muito das garotas que pega por ai e ele fala de você.
Sadie: Ninguém se apaixona em três dias.
Eu: Talvez ele seja um ninguém. Deixamos tanto pensamentos negativos nos dominarem que esquecemos o que realmente é possível. Zayn não se importa se você é acima do peso, ele não se importa se você não tem uma bela aparência, ele não se importa se você não usa maquiagem nem que tipo de shampoo que passa no cabelo, o que importa pra ele é o caráter e ele enxergou isso em você Sadie. Deveria falar com ele.
Sadie: Não dá mais tempo, vou ir embora de madrugada...- ela pegou sua mochila e procurou algo dentro dela e tirou de lá um envelope- Preciso que entregue isso a ele, pode fazer isso?
Eu: Claro que sim...- peguei o envelope.
Sadie: Acho que já vou indo.- ela se levantou e eu também, deixei uma quantia em dinheiro em cima da mesa e peguei minha mochila, saímos do café.-

 Sadie me deu uma carona até em casa, ela era uma garota legal e eu gostei de ver esse lado dela. Quando nos despedimos, ela me deu abraço e percebi que ela precisava daquilo então dei o meu melhor abraço. Saí do carro e ela logo deu a partida, disse que o carro já havia sido vendido e só estava esperando o comprador ir buscar e seu pai ficaria uma fera se não estivesse na garagem. Entrei em casa e larguei a mochila ao lado da porta e vi meus pais deitados no sofá em um momento um tanto carinhoso... seria se eu já não soubesse de tudo.
Lydia: Que bom que chegou, estávamos te esperando, ela se sentou e meu pai fez o mesmo ajeitando sua calça e eu percebi um volume ali, achei nojento, ele colocou uma almofada em seu colo pra tapar aquela vergonha-
Eu: Porque não estão no trabalho?- perguntei logo de cara e me sentei no sofá livre, eles se entre olharam e me olharam em seguida-
John: Temos uma proposta pra te fazer.- eu os olhei atenta-
Eu: Eu não quero um irmão.- me precipitei- Já faz uns anos que eu descobri como são feitos e é nojento.
John: Não é nada disso.
brad pitt laughing brad pitt smiling gif
Eu: Que ótimo.- forcei um sorriso- O que é?
Lydia: Eu e seu pai vamos fazer vinte anos de casados e queríamos te fazer a proposta de organizar nossa festa.- fiz uma careta-
Eu: Porque eu?
Lydia: Porque é nossa filha?- disse como se fosse óbvio-
Eu: Não sei...- pensei um pouco e várias ideias vieram a minha cabeça, principalmente a de eu desmascarando meu pai na frente de todos os convidados, eu sorri e ouvi eles me chamarem- Me desculpa, estava criando na minha cabeça uma decoração.
John: Então você topa?
Eu: Claro que topo... vocês são meus pais e eu nunca negaria isso a vocês.
Lydia: Assim você me faz chorar, querida.- ela me abraçou e eu retribui o abraço-


Eu: Quando vai ser a festa?
Lydia: Você escolhe a data... deixamos tudo por sua conta.
Eu: Ah, então ótimo.- me levantei e andei até a porta pegando minha mochila jogada ao lado dela- Vou pro meu quarto.
John: Não vai comer?
Eu: Fui a um café com uma amiga e comi uns bolinhos lá, já foi o bastante pra mim.- eu disse subindo as escadas correndo-

 Entrei no meu quarto e fechei a porta, eu estava mais animada do que imaginava com isso, as coisas estavam dando certo agora e ideias surgiam em minha cabeça a todo instante e eu anotava tudo em um caderno. Algumas horas depois trancada no quarto e concentrada em um site de decorações meu celular apitou recebendo uma mensagem, era no chip clonado então a abri vendo uma mensagem da mãe de Liam.
"Acho que nada do que planejamos vai dar certo. O plano todo está indo por água abaixo e eu já não sei o que fazer pra reverter isso... será que podemos nos encontrar hoje no restaurante de sempre ás oito?"

 E em minutos meu pai respondeu.
"Claro Shirley... o que houve agora?"
"Prefiro dizer pessoalmente John... até as oito."

 Estremeci de raiva, talvez meu pai devesse sentir um pouco de culpa do que faz com minha mãe. Suspirei e abri a janela de conversa com Liam e na mesma hora recebi uma mensagem dele.
"Hey amor, espero que esteja pronta pra espionar hoje... tenho algumas informações pra você haha, eu te amo xx Liam"

 Um frio percorreu minha espinha sentindo que a noite iria ser extremamente boa.
Continua...
Oioi pessoal, saudades já! Bom, espero que tenham gostado, já estou escrevendo os últimos capítulos da fic, é difícil pra mim porque essa foi a fanfic que eu mais gostei de escrever, mas enfim, também já estou planejando a próxima yeah!! Bom, é isso pessoal, comentem e deem suas opiniões! Até breve.

8 comentários:

  1. Perai, OMJ? ÚLTIMOS CAPÍTULOS ? Meu Deus! Continua! Mto perfeita essa fic.

    ResponderExcluir
  2. ÚLTIMOS CAPITULOS? continua to mto curiosa. A próxima vez que a minha mae falar em irmãos vou falar oque a Seunome disse para os pais dela kkk
    Amei o episódio

    ResponderExcluir
  3. Scrr que perfeito continuaa

    ResponderExcluir