The Traitors - Capítulo 18

| | |

Capítulo dezoito  - A carta das emoções 

Liam Payne P.O.V's
 Em todos os anos que estudo eu acho que nunca havia visto as aulas passarem tão devagar. Eu estava ansioso demais pro teste final do time de futebol e eu nunca quis tanto uma coisa quanto quero isso agora. No fim do período todos os finalistas se dirigiram até o vestiário, Louis e Harry foram comigo e por incrível que pareça eles não estavam interessados em se gabar pras garotas mas eles queriam entrar no time também. Vesti meu uniforme que estava pendurado na porta do armário do vestiário assim como o de todos os outros competidores. Me sentei pra colocar as chuteiras e Harry se sentou ao meu lado pra colocar as dele também.
Harry: Hey dude, você viu?
Eu: Vi o que?- disse colocando o meião-
Harry: Tem um uniforme a mais ali e alguns dos garotos disseram que é do Matt.- fungou-
Eu: Não é possível, ele não vem pra escola a semanas, não podem fazer isso com os competidores.
Harry: Foi o que ele disse, mas sabemos que o cara joga pra caralho, não iam dispensar ele ao menos que não tivesse uma boa desculpa.
Eu: Então ele deve ter tido uma.- bufei acabando de colocar as chuteiras e me levantei, vendo na porta do vestiário o treinador do time, o senhor Hughes e Matt. Eles logo adentraram deixando todos ali quietos e apenas observando cada passo deles.
Treinador: Estamos aqui pra comunicar a volta do Rogers para o time.- todos vaiaram, menos eu-
Louis: Não podem fazer isso! Ele sequer fez os primeiros testes, ele não merece estar aqui.- Louis disse e todos concordamos-

Sr.Hughes: Matthew é um dos melhores jogadores que essa escola já viu e tanto ele como vocês merecem estar aqui, ele vai fazer o teste final, sim. Quem se recusar a aceitar isso a porta do vestiário está aberta para que vocês saíam.- ficamos todos quietos- Como eu imaginei. Acabem de se preparar, daqui a pouco o apito vai soar.

 Admito que foram os dez minutos da minha vida que eu mais me segurei pra não voar no pescoço de alguém. Matt parecia adorar me provocar a cada pequeno gesto que ele fazia, mas eu estaria com certeza desclassificado se relasse um dedo do protegido do treinador e do senhor Hughes. Eu me perguntava onde ele havia se metido essas semanas todas pra não vir pra escola, nem dar satisfações a ninguém sobre estar sumido. Quando entramos no campo, todos começaram a gritar, vi SeuNome de longe com cara de tédio, obviamente ela odiava futebol e só estava aqui porque eu pedi. Acenei pra ela que pareceu não ver, então desisti de tentar chamar a atenção dela. Paramos em meio ao campo e o time atual da escola veio em nossa direção, todos com aquelas típicas expressões de "se eu te pego eu te esmago" mas todos sabíamos que eles não eram tudo isso que pareciam. Matt estava no time que estava fazendo o teste e alguns meninos tiveram que passar pro time atual mas as regras pra eles não mudariam. O time atual começou com a bola e quando o treinador deu o apito que indicava o início do jogo eu sai em disparada, vi Matt correndo ao meu lado e tentei o ignorar mas foi impossível com suas palavras.
Matt: Sei que quer muito passar e eu quero muito estar de volta no time, sei que me odeia também mas se não fomos unidos não conseguiremos o que queremos.- ele disse e eu parei de correr e ele parou a minha frente-
Eu: O que quer dizer exatamente com isso?
Matt: Eu te ajudo, você me ajuda e quando tudo isso acabar podemos ser inimigos de novo. No final do jogo eu posso te decepcionar.- ele disse sorrindo, eu arqueei as sobrancelhas mas aquela proposta era uma boa-
Eu: Tudo bem pra mim.
Matt: Amigos?
Eu: Em partes.
Treinador: DÁ PRAS DUAS MARIAZINHAS PARAREM DE CONVERSAR E IR JOGAR?!- o treinador estava impaciente-
Matt: Desculpa, senhor.- ele disse e saiu de perto de mim e eu fui atrás dele-

Narrador P.O.V's
 Alguns minutos depois na arquibancada, SeuNome mal prestava atenção no jogo, estava preocupada demais se Trevor iria fazer seu trabalho certo sem ser pego. Ela estava rezando pra que desse tudo certo. Ao lado dela, Beck e Niall estavam de mãos dadas comentando o jogo, ela queria acreditar que eles estavam namorando já que Beck não havia comentado nada com ela ainda. Do seu outro lado, Judy se lamentava por Abby não responder suas mensagens, mas o que ela não sabia é que Abby não morava na cidade e havia ido a festa com sua prima. Talvez as duas não se veriam nunca mais.
Judy: Você está me ouvindo?
Você: Desculpe, estou concentrada no jogo.- mentiu-
Judy: Larga a mão de ser mentirosa, não quer me ouvir fala.
Você: Não quero te ouvir.- finalmente olhou pro campo a procura de Liam-
Judy: Como você é grossa.- Beck e Niall riram da pequena discussão das duas- Eu não sei do que os dois idiotas estão achado graça.
Beck: Você apaixonada fica toda nervosinha.
Judy: Eu não estou apaixonada, principalmente por uma garota, vocês estão viajando.
Niall: Então porque está toda chateada porque ela não responde suas mensagens?
Judy: Porque não é da sua conta.
Você: Agora eu quero ver o jogo e vocês tão me desconcentrando.
Judy: Você vê com os olhos, não com os ouvidos.- Beck e Niall seguraram o riso-
Você: Sai daqui, vai!
Judy: Vou procurar o gordinho do Trevor e ajudar ele com as cartas, é melhor do que ficar aqui com vocês e vendo esse jogo besta.- ela disse se levantando e descendo a arquibancada chamando a atenção de algumas pessoas-

 SeuNome balançou a cabeça e voltou sua atenção ao jogo, bem na hora em que Liam tomava posse da bola.

Niall: Liam está se dando bem, ele vai passar fácil.
Você: O que Matt está fazendo lá? Não era pra ele estar aqui.
Beck: Credo, parece até que quer ver o garoto morto.
Você: Não é nada disso, é que ele andou tão sumido que eu até pensei o pior.
Niall: Não seja idiota, SeuApelido. Ele pode parecer frágil as vezes mas quem o conhece de verdade sabe o manipulador que ele é.- Liam passou a bola pra Matt e os três estranharam- Parecem que estão amigos.
Você: Seria até meio estranho isso acontecer.- sorriu de lado-
Beck: Tudo é possível, você tem que agradecer que os dois não estejam querendo se matar por ai.
- Quem está querendo se matar?- Zayn chegou ofegante e se sentou no degrau debaixo da arquibancada se virando para os amigos-
Niall: Liam e Matt.
Zayn: Pensei que os boatos que ele tinha voltado eram falsos, ele é tão estranho.- disse olhando pro campo e se virou novamente para os amigos-
Beck: Onde você estava, Zayn? Está cheirando a suor.- ela disse fazendo uma careta-
Zayn: Sabem a garota da festa? Então...
Você: VOCÊ ESTAVA TRANSANDO COM SA...- Zayn se levantou rapidamente e tapou a boca dela- Você estava transando com a Sadie!- gritou em um sussurro assim que o amigo destampou sua boca, Zayn se sentou novamente-
Zayn: É, ele é tão... não sei explicar.
Beck: Talvez a palavra que você esteja procurando seja má.
Zayn: Ela não é má, a Mendy é.
Você: Caso não se lembre ela me fez desmaiar naquela aula de auto ajuda.- ela disse fazendo um gesto com as mãos em frente o rosto -
Zayn: Isso é problema de vocês duas, ela é tão...
Niall: Gorda?
Zayn: Dude, forma física não define caráter.- ele disse e ninguém estava acreditando que aquele era mesmo Zayn Malik- Ela é uma garota legal quando se conhece mais.
Você: É engraçado ouvir você dizendo isso porque você só a conhece a deixe-me ver... juntando com a noite da festa e hoje de manhã dá mais ou menos um dia e ontem... dois dias e já está agindo assim. Parabéns Malik, ganhou o prêmio de trouxa do ano.
Zayn: Não estou nem ai pra sua opinião, SeuNome. Ela é legal pra mim.
Beck: Claro que é, você come ela.- resmungou e quando Zayn abriu a boca para retrucar um apito alto soou- Acho que vão anunciar quem está no time agora.- esqueceram a discussão, o treinador verificava algo em sua prancheta e enfim começou a falar alto obrigando todos a ficarem quietos para ouvirem-
Treinador: Vocês jogaram com garra e mesmo não sendo titulares foram demais! Escolhi junto com a ajuda do diretor os cinco que vão entrar no time!- todos aplaudiram mas logo ficaram quietos- Matthew Rogers, Louis Tomlinson, Andy Green, Carter Cook e...- todos estavam apreensivos- Joan Foster.- todos começaram a gritar e os que passaram levantaram as mãos felizes da vida. Liam estava visivelmente decepcionado consigo mesmo mas estava tentando pensar positivo- A todos os outros, vocês podem tentar ano que vem!- se distanciou, Liam começou a andar em direção ao vestiário e ouviu alguém lhe chamar e se virou rapidamente, tirou sua camisa molhada de suor e percebeu que quem lhe chamava era Louis-
Louis: Hey, cara não fica chateado porque não passou, se quiser posso dar meu lugar no time pra você.
Liam: Que isso, eu não preciso de caridade.- tentou sorrir- É óbvio que o merda do Matt ia passar e eu não.

Louis: Não se rebaixa, cara.
Liam: Tá bom... acho melhor voltar pra lá.- sorriu com sinceridade, estava feliz por Louis-
Louis: Hãm...okay.- deu tapinhas no ombro de Liam e saiu correndo de volta onde estava acontecendo a comemoração-
- Não fica assim, amor. Outras chances virão.- a voz doce e grossa de SeuNome chamou a atenção do garoto e ele se virou em sua direção sorrindo-
Liam: Eu sei...- a garota veio até ele e ele a abraçou pela cintura e os dois deram um beijo-
Você: Você foi muito bem.- ela mal tinha prestado atenção- Não liga pro que esses babacas dizem.
Liam: A palavra babaca está tão fora de moda.- SeuNome riu-
Você: Como você é babaca.- provocou-
Liam: Se eu fosse você não me provocaria.- ele disse e ela mordeu seu queixo-
Você: Porque? O que você vai fazer? Tirar minha virgindade?
Liam: Não, porque isso e eu já fiz, e por sinal eu amei.- ele sorriu sapeca-
Você: Você é um safado, Payne.
Liam: Você que tá me provocando, gata.
Você: Gata é um elogio que já saiu de moda na década passada.
Liam: E mesmo assim eu não vou parar de usar porque não sou dessas pessoas que seguem essa tal de moda.- ele fez uma cara engraçada mas SeuNome não riu-
Você: Está se sentindo chateado?- acariciou o rosto dele-
Liam: Não, estou bem. Ainda mais agora com a garota mais gata do colégio aqui comigo.- ela sorriu-
- E eu concordo com você, ela não é pro bico de qualquer idiota.- eles se soltaram e se viraram para ver quem era o dono da voz, SeuNome abraçou Liam de lado quando viu Matt parado ali-
Liam: Ainda bem que não sou qualquer um.- beijou a testa da namorada- O que você pensou que estava fazendo? Você disse que ia me ajudar, cara.
Matt: Eu disse mas não significava que eu ia cumprir.-ele disse tirando a camisa e deixando a mostra seu belo físico- Hey, cara, será que posso falar com a sua namorada só por alguns segundos?- SeuNome apenas observava tudo-
Liam: Não, se quiser falar com ela vai ter que falar na minha frente.
Matt: Ok, não temos nada a esconder.

 E foi então que Matt fez o que ninguém nunca imaginou que ele faria. Se aproximou de SeuNome e quando a garota foi se afastar ele a segurou pela nuca entrelaçando seus dedos nos cabelos dela, e então ele a beijou, ela não cedeu em momento algum e demorou alguns segundos para que Liam os desgrudasse, a essa hora várias pessoas já os olhavam e estavam pasmas com o que havia acabado de acontecer.
Liam: QUAL É A PORRA DO SEU PROBLEMA?- empurrou Matt que deu alguns passos pra trás-
Mat: A porra do meu problema é sua namorada que está com você ao invés de estar comigo, eu passei vários dias deprimido por causa dela e do que ela me disse, Liam.- ele parecia calmo mas não estava- Eu deixei a minha garota escapar e agora ela está com você.- Liam fechou as mãos em punhos pra socar a cara de Matt mas algo o impediu-
Você: CHEGA!- gritou indignada- Isso é ridículo, vocês dois são tão idiotas!- ela estava nervosa- Eu não sei porque vocês estão brigando por minha causa, vocês dois poderiam ser tão amigos. Não sejam ridículos! Eu já fiz minha escolha, Matt, você teve sua chance e desperdiçou. SERÁ QUE DÁ PRA ME DEIXAR SER FELIZ PELO MENOS UMA VEZ NESSA MINHA MERDA DE VIDA? Toda vez que eu tento ser feliz alguém aparece pra me atrapalhar, eu quero que tudo se foda, eu só quero ser feliz pelo menos um dia, caralho.- todos estavam quietos para ouvi-la - E antes que me pergunte, Liam, não, eu não gostei da atitude dele então pode acabar com esse ciuminho idiota que está crescendo dentro de você. E Matthew, não sei se você se lembra mas quando a gente namorava e eu te amava você me esnobava e me fazia de seu brinquedinho, eu... eu aceitei minhas escolhas, espero que você aceite também e se não aceitar por bem vai aceitar por mal.- suspirou, seu coração pulsava forte de tanta raiva- Vamos sair daqui antes que o senhor Hughes venha se intrometer.- ela puxou Liam pra sair do meio daquelas pessoas todas deixando Matt com sua melhor cara de bunda, mas ele não estava tão chateado, finalmente havia caído sua ficha de que, SeuNome havia arranjado outro que realmente gostava dela e ele teria de aceitar.

 Minutos depois da confusão, todos os alunos perambulavam pelos corredores da escola, SeuNome estava junto de Beck, os meninos estavam se trocando e as duas não sabiam onde Judy estava. SeuNome estava realmente muito preocupada com as cartas que as amigas imprimiram, nenhuma estava no corredor da escola e ela queria matar o gordo do Trevor por não ter feito seu trabalho direito. Mas então, um sinal fora de hora soou, durou alguns minutos e quando esse sinal parou de tocar, vários papéis caiam pelos corredores e todos, principalmente SeuNome e Judy queriam saber como, todos os alunos se alvoroçaram pra pegar pelo menos uma folha e então uma voz começou a soar em todos os corredores da escola, a voz vinha da sala de emergência da escola e lá estavam Judy e Trevor, Judy estava com uma carta na mão e Trevor modificou sua voz para que ninguém a conhecesse e então começou a falar.
Judy: "Querida Mendy Jones, é com imenso prazer que eu, uma grande amiga sua venho lhe dizer essas palavras: Você é a pessoa mais falsa que alguém poderia já ter conhecido, você simplesmente passa por cima de todos pra estar no auge e infelizmente você consegue. Mendy, o mundo não gira em torno de você e a vida é uma caixinha de surpresas, como essa. Ninguém gosta realmente de você e só querem se alimentar da sua popularidade que você pega dos outros, verdadeiros parasitas. Querida amiga, o mundo dá voltas, hoje você pisa, amanhã você é pisada. Pare Mendy, para de estragar a felicidade dos outros para conseguir a sua, para de ansiar por uma lágrima para ter um sorriso, isso não é certo. Se você quer que todos gostem de você pelo que você realmente é, apenas pare de contar mentiras, é capaz de seu nariz começar a crescer. O jornal da escola foi feito pra pessoas talentosas e se você está nele é porque você merece.- Mendy havia acabado de entrar em uma das cabines do banheiro para se esconder, ela sentia vontade de chorar e se o fizesse queria que ninguém visse- Então faça por merecer, mostre as pessoas ao que você realmente veio e o que merece, escreva notícias reais porque vamos combinar que, metade das baboseiras que você escreve são ridículas. Não mude pelos outros, mude por você e eu prometo que você vai se senti melhor. Com carinho, uma amiga.

 Quando acabou de falar, Judy e Trevor saíram correndo dali, crendo que algum inspetor chegaria logo. No banheiro, Mendy já chorava com as sinceras palavras da carta e SeuNome estava se sentindo culpada. Senhor Hughes acompanhado de dois inspetores estava se direcionando direto para a sala emergência e quando chegou lá não havia mais nada, apenas o papel da carta, ele estava furioso, odiava que fizessem baderna na escola, mas os alunos adoravam e no momento todos riam e procuravam por Mendy a qual agora era o assunto da escola inteira. Foi então que o senhor Hughes apertou o botão que transmitia tudo o que ele falasse pra escola toda, o mesmo botão que Judy apertara quando começou a ler aquela carta.
Sr.Hughes: EU QUERO ENCONTRAR O RESPONSÁVEL POR ISSO E QUERO AGORA NA MINHA SALA, SE EU NÃO ENCONTRAR O ENGRAÇADINHO EU JURO QUE VOU DESCOBRIR NEM QUE SEJA A ÚNICA COISA QUE EU FAÇA NA MINHA VIDA.- ah, a forma como ele gritava e assustava os alunos era hilário, todos agora estavam assustados apenas ouvindo a voz do diretor soar e quase estourar os tímpanos de todos- E EU ESTOU FALANDO SÉRIO! O RESPONSÁVEL POR ISSO NA MINHA SALA, AGORA!
Continua. ..
oioi pessoal.Tudo bem? Espero que sim. Bom vou dar um avisinho aqui, eu estou viajando e aqui não tem computador ,estou postando do celular e é um pouco complicado. Enfim, vou embora apenas domingo dia 26 então o próximo capítulo vai sair apenas semana que vem creio eu na sexta ou no sábado ,se der eu prometo postar antes. Espero que tenham gostado , próximo capítulo pode surpreender vocês -eu acho- beijos é até mais 
OBS: QUALQUER ERRO ME PERDOEM

5 comentários:

  1. aameeeeeeei, já quero semana que vem então, continua tá maravilhoso <3

    ResponderExcluir
  2. Ai meu Deus ta muito perfeito ,sempre que der da um sinalsinho de vida pff *-* Xx Suellen

    ResponderExcluir
  3. Gostei! #chupaMendy e por favor, não faça a
    S/n ficar com dozinha dela, pelo amor de Deus, porque é só ela ficar com dó, ai se ferra. E continua, ta perfeita!! ♡♡♡

    ResponderExcluir
  4. Oxe pq a SeuNome está se sentindo culpada? Depois de tudo que a Mendy fez. Continua

    ResponderExcluir
  5. Perfeito mal espero para chegar sexta, comecei a ler ontem pela minha amiga...Continua 😍👏👏

    ResponderExcluir