Danger In Love - Capítulo 15 / 2ª Temporada

| | |
- Ass: Kennedy Campbell

Está tão quieto aqui. E eu me sinto tão frio. Esta casa já não se parece mais um lar. - So Cold / Ben Cocks

Megan Parker P.O.V's

    Não tinha para onde ir, e eu estava muito longe de casa. Isso tudo parecia um pesadelo, um pesadelo real. Me sentei na calçada e coloquei a cabeça em minha perna, me permitindo chorar. Algumas pessoas passavam por mim e eu sabia que elas me encaravam, alguns curiosos e outros com pena, mesmo sem saber motivo de minhas lágrimas. Eu não podia acreditar que Louis havia me traído, e logo com a Eleanor, a sua namorada falsa. Já era ruim saber que eu não teria mais um filho, e agora saber que meu noivo me traiu só me deixava pior. Se JK queria me ver sofrer está conseguindo, não precisou ele fazer absolutamente nada para me deixar acabada. Continuava chorando, e o sol fazia as minhas costas arderem. Momentos felizes me vieram a mente, momentos no qual era apenas eu e o Louis.
- Sabia que quando era pequeno bebia bananada e colocava refrigerante de laranja dentro? - Louis disse olhando para mim, estávamos tomando café depois da nossa noite maravilhosa.
- Eca! - Ele riu. - Parece meu pai, ele também fazia isso.
- Então eu não sou o único. - Sorri e Louis me selou. - Você é linda.
- Claro que sou. Pareço com a minha mãe, então eu sou uma gostosa. - Louis riu.
- Nada convencida você.
- Talvez só um pouquinho. Mas não se esconda, você também se acha um lindo.
- Não me acho lindo. - Ri ironicamente. - Eu me acho um gato, mas ás vezes eu posso virar um tigre.
- Amo tigres!
- Eu sou seu Ren e você é a minha Kelsey. - Louis me beijou novamente, e me abraçou. Beberiquei meu suco e o abracei novamente.
- Acho que você está lendo muito A Maldição do Tigre.
- Não sou o único. Quando comprou aquele tigre de pelúcia branco? - Ele perguntou apontando para o meu precioso. Ri e o peguei, abraçando o tigre. Espirrei logo em seguida, não podia ficar muito perto de ursos de pelúcia.
- Faz algumas semanas. Comprei pra me lembrar do livro enquanto você estava com ele. Já que estou no segundo, também vou comprar um tigre preto. Assim terei meu Ren e Kishan ao meu lado.
- Me dá spoiler do segundo livro?
- Não, se quiser vai ter que ler! - Coloquei o tigre de volta no lugar.
- Vamos mudar a conversa, estamos muito nerds hoje. - Ri e o apertei mais contra mim.
    Senti uma mão tocar meu ombro. Tentei ignorar mas a pessoa insistia em falar comigo. A tal pessoa sentou-se ao meu lado, abraçou-me de lado e eu finalmente olhei para ver quem era. Richard, ele havia me encontrado. O abracei e deixei as lágrimas caírem, molhando a sua camisa vermelha. A amassei um pouco, e Richard pareceu não se preocupar com isso. Passei um bom tempo assim, cerca de dez minutos, talvez. O desabracei quando já não tinha mais lágrimas para derramar. Richard enxugou as poucas lágrimas que caíram e ficou me encarando.
Eu: Não tenho mais motivo pra viver, Richard, Perdi meu filho e meu noivo.
Richard: Vamos achar uma solução para tudo isso, Louis também está sofrendo com o termino de vocês.
Eu: Se estivesse não teria traído. - Richard olhou para o chão e depois ficou olhando os carros passarem. - Você sabe de alguma coisa, o que aconteceu?
Richard: Não quero te dá falsas esperanças. Mas acontece que Louis diz que foi enganado, tanto ele quanto Eleanor. Acho que falam a verdade, pois Louis te ama muito pra poder te trair sem mais nem menos.
Eu: Enquanto não provam o contrário para mim ele me traiu.
Richard: Compreendo a sua escolha.
Eu: Como me encontrou? - Perguntei e ele olhou para mim novamente.
Richard: Estava seguindo a Morgan. Mas como ela estava de carro não deu muito certo. Continuei andando e te vi chorando, achei que não fosse você, mas reconheci a sua sua mala vermelha com uma figura do símbolo de Jogos Vorazes. - Ele apontou para a minha mala.
Eu: Por qual motivo estava seguindo a Morgan?
Richard: Me desculpe ter que dizer isso. Mas eu e Harry achamos que ela está envolvida nessa coisa de JK.
Eu: Vocês estão delirando, Morgan nunca faria isso comigo.
Richard: É o que achamos. - Fiquei em silêncio durante um tempo, pensando se eles estivessem certos. Meu celular apitou, era uma mensagem. Número confidencial. Suspirei e finalmente abri a mensagem.

Chega de se esconder. Acho que me revelando tudo será mais divertido. - JK

Richard: JK? - Assenti. - E o que ele queria?
Eu: Ele vai se revelar, e eu tenho medo de ser a pessoa que eu mais confio. Isso está ficando cada vez mais louco. Tenho que achar um jeito de esquecer isso por pelo menos um dia ou por algumas horas.
Richard: Eu tenho um jeito, mas eu não sei se você virá comigo.
Eu: Qualquer coisa já está de bom tamanho.
Richard: Vai ter uma festa hoje, e eu não queria ir sozinho. Pensei em chamar todos mas com tudo isso creio que não vão. Como quer esquecer JK por um tempo, pensei em te chamar. Você vem? Vai ser bom pra você, precisa se livrar dessa dor de cabeça por pelo menos uma madrugada.
Eu: Eu vou. Você tem razão. Ficar pensando no pior o tempo todo não vai me fazer bem. - Ele sorriu. - Vamos voltar para o hotel. - Me levantei e Richard fez questão de levar a minha mala.

Morgan Collins P.O.V's

    Kennedy parecia ser um garoto quieto e muito na dele. O modo como ele escondeu as suspeitas foi muito bem feito. Ninguém imaginaria que ele era JK. Ninguém imaginaria que ele era esse criminoso que fez tanto sofrimento. Ele se aproximou de mim, dei um passo para trás e Kennedy sorriu ao perceber meu medo. Entendo o seu ódio pela Megan, mas não precisava envolver pessoas inocentes nisso. Eu queria saber o motivo de ele ter matado a irmã de Emma, se for pra ser mais sofrimento, ele já está passando dos limites.
    Olhei para as fotos novamente e guardei-as imediatamente. Ver essas fotos só me faziam sentir raiva, raiva da Megan e do Jack. Eu não acredito que eles mentiram pra mim e esconderam isso de mim. Kennedy riu com o meu ato, ele estava se divertindo com isso. Joguei-as na lareira acesa na frente do sofá em que ele estava sentado, queimando-as para nunca mais ter que vê-las em minha frente. Não me importava se isso o fazia se divertir, eu só queria me livrar disso. Toda aquela tortura, aquelas mortes, aquele sofrimento estava acontecendo por minha causa. Se eu não tivesse inventado aquela brincadeira talvez nunca teria acontecido aquilo, e várias pessoas estariam vivas.
Kennedy: Acho que queimá-las não vai amenizar a sua dor, Morgan. - Ele deu um sorriso maléfico.
Eu: É? Como tem tanta certeza disso?
Kennedy: Tenho várias copias dessas fotos. - Ele pegou o seu celular e mostrou uma pasta com as fotos. - Basta apenas um clique e essas fotos vão ser vista por todos. Será que eles perdoariam Jack e Megan? Confiariam neles se algo acontecesse com você? - O encarei confusa. - Não tente disfarçar. Todos nós sabemos que você gosta do Jack.
Eu: O que é que você está planejando fazer?
Kennedy: Acho que está meio óbvio. - O vi colocar a mão no bolso de seu moletom e de lá tirar uma arma. Arregalei os olhos, não acreditando no que estava vendo. - Estou tentando fazer com que todos parem de acreditar naqueles dois, para então eu poder trazer mais sofrimento. Não só para vocês, mas as suas famílias também começarão a ser atingidas.
Eu: Eles são inocentes! Não pode fazer isso! - Gritei.
Kennedy: No início era pra ser somente você, o Jack e a Megan. Mas eu descobri que adoro fazer isso. E ver pessoas sofrendo é a melhor sensação que eu já tive. - Ele falava com um sorriso maldoso no rosto, o que me fazia ficar com medo dele. Kennedy estava ficando louco. - Vai ser a melhor coisa que já fiz em toda a minha vida! E você. Você é a arma perfeita para isso.
Eu: Kennedy você está louco. - Ele riu.
Kennedy: Louco é o meu nome do meio. Você não sabe o quanto que eu sofri para poder estar aqui. Acha que as pessoas não riram de mim quando eu estava com o rosto completamente deformado? Acha que foi fácil contratar os melhores médicos dos Estados Unidos para fazer uma boa plástica em mim para poder ser o que sou hoje? Não, você não sabe de nada.
Eu: Pare com isso e recomece! Todos nós temos uma segunda chance, e eu estou dando a sua.
Kennedy: Acha que eu quero parar? Isso é divertido! Deveria experimentar um dia. Ah, esqueci. Eu não vou te dar uma segunda chance. - Kennedy trancou a úncia porta da casa, me prendendo aqui dentro. - Chegou a hora da sua tortura, Morgan! - Tentei correr, mas ele me segurou pelo braço com muita força e bateu com a arma em minha cabeça. Desmaiei em seguida, e só me lembro de ter caído no chão. Mesmo desacordada eu sentia medo, medo de que isso nunca acabasse.

Liam Payne P.O.V's

Zayn: Eu não estou achando nenhum Kennedy aqui!
    Felizmente nos deixaram ver os históricos dos alunos. Se fossemos pessoas normais, aposto que não nos deixariam nem pisar na escola novamente, aprontamos muito quando estudamos aqui. Encontramos o histórico de Megan e Richard, fiquei curioso em vê-lo, mas não tinha nada demais. Somente que um dia ele foi internado numa clínica de reabilitação pois bebia muito quando tinha seus quinze anos de idade. Coloquei aquilo de volta no lugar, não tinha tanta coisa assim sobre ele. O celular de todos apitou, e ficamos nos encarando por alguns segundos. Olhei para Louis e ele pegou seu celular, o mesmo fez Zayn e Niall, decidi pegá-lo também, mesmo que meu medo seja grande a minha curiosidade era maior ainda.
Louis: No três vamos ler todos juntos. - Assentimos. Um... Dois... Três...

Minha mascara vai cair, mas creio que outras mascaras também cairão. - JK

Niall: Alguém me explica o que ele quis dizer com isso?
Zayn: Se eu soubesse já teria te respondido, meu amigo. - Guardei meu celular novamente no bolso. Seja lá o que JK estava fazendo ele sabe do segredo de alguém aqui. E eu tenho a estranha sensação de que não vamos gostar nenhum pouco quando esse segredo for revelado.
Eu: Acho que estamos perdendo o nosso tempo aqui. JK certamente sabe que metade não está e vai querer fazer algo contra as meninas. Nós temos que voltar antes que algo de ruim aconteça.
Louis: Não deveríamos ter vindo. Katherine e Hebe certamente vão querer fazer algo contra alguém já que as nossas amizades estão sendo destruída aos poucos. É isso que JK quer. Nos ver sozinhos e acabar conosco sem que ninguém perceba.
Niall: Vamos ter que saber um pouco mais sobre Kennedy depois. - Novamente nossos celulares apitaram. Nos entreolhamos novamente e pegamos nossos celulares.

Acho que não precisam mais vasculhar o passado. Bom, pelo menos não agora. Vai ser um prazer lhes enviar mensagens com meu verdadeiro nome. - Kennedy Campbell

Continua...
Não tenho muito o que falar hoje, somente pedir desculpas por não ter postado o capítulo quinze ontem, meu pai veio pro PC e eu dormi.
Pensei em postar de manhã, mas o meu pai veio para o PC novamente e eu só tive tempo de escrever agora à tarde. Eu estou gostando dessa reta final, e creio que o número de capítulos aumentará, não sei ao certo em que capítulo vai acabar mas que já está bem perto do final. Tenho que colocar algumas coisas e encaixar outras para poder finalmente escrever o capítulo final, que eu creio que algumas podem gostar e outras não, pois alguns personagens irão morrer. Hihihi! Sou ruim!
Bem, espero que tenham gostado.

11 comentários:

  1. Meeeu Deeeus ! Tadenha da megan .. richard ta doido pra dar uns pega nela .Pq vc sempre para nessas partes ? Vou te bateer . Continuaaaaa !

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Huehehehe se eu fosse a Megan já teria dado uns pega nele. Eu também não sei, mas acho que é pq eu sou muito má. Pode me bater, eu mereço -sqn.
      Postarei nesse final de semana, já que estou trabalhando numa longfic.

      Excluir
  2. Eita porr* oque será que o Lou vai fazer com ele? E Megan? Quando o Louis descobrir e quando Megan descobrir? :0 estou desesperando aqui! Continua está pfti

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pra falar a verdade, eu acho que vai matar ele, cortar em pedaços e depois fazer sei lá oq. E acho que quando a Megan descobrir vai ficar P U T A da vida.
      Não se desespere, o próximo saíra muito em breve.

      Excluir
  3. Que perfeito , continua

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Já estou escrevendo o próximo capítulo, flor.
      Um beijo!

      Excluir
  4. Não faz mal ter demorado, vc compensou com um belo cap.e afinal eu tbm andei bem afastada e agr as 03h da.manha eu to lendo as fics entao pra mim n fez diferença vc ter demorado, cara o Keneedy to chocada! Quero só ver quando souberem desse segredo da Megan q eu to achando q eh mentira, só acredito nela confirmando kk Estou feliz q o número de cap.irá aumentar continua cara eu to muito curiosa
    xoxo Duda

    ResponderExcluir
  5. Continuaaaaaa ,meu deus eu nao aguento mais esperar
    Xx Mellanie

    ResponderExcluir
  6. Continuaa por favor. Eu necessito do próximo capítulo. *-*

    ResponderExcluir
  7. posta logo o proximo capitulo menina to chocada amei sua fic

    ResponderExcluir