Revenge - Capitulo 22

| | |
Fate

SeuNome P.O.V'S

O silencio permaneceu no ar durante um bom tempo. Liam virou as costas e seguiu para o sofá, aparentemente muito chocado com a noticia.

- Posso saber de quanto tempo?
- E isso importa agora?
- Para mim? Importa sim. Vamos, não enrola SeuNome.
- 2 meses. -respondi
- O que? -ele gritou.
- Ta vendo por que eu não ia falar pra você!
- Ia me deixar ir pro Alabama pra me contar?
- Sempre tive que me virar sozinha, lembra?
- Ah vai... -ele fez uma pausa- Deixa quieto.

Liam começou a subir as escadas, mas logo parou e olhou para mim. Eu simplesmente o olhei com indiferença e ele voltou rápido até mim outra vez. Recuei uns dois passos, porém mesmo assim o seu rosto quase colou no meu.

- Eu vou para o Alabama e não vai ser você que vai me impedir com essa sua mentira.

- Acha que eu estou mentindo? -ironizei- Serio mesmo, acha que eu brincaria com uma coisa dessas?
- Não duvido mais do que você e capaz, SeuNome.
- Ah claro, vamos deixar de acreditar na mulher que você se deitou tantas vezes não é? Pra quê ela mereceria um voto de confiança agora? -fui irônica novamente.
- Amanhã mesmo vamos ao médico, se isso for mentira sua eu saio do hospital e vou direto ao aeroporto. -ele disse quase virando as costas.
- Então acho melhor levar a mala junto, caso eu mude de ideia sobre te deixar entrar na minha casa, não é verdade?!
- Não vou mais trocar meia palavra com você. É perda de tempo.
- Então o que você estava fazendo a -olhei no meu pulso fingindo ter um relógio- dez segundos atrás?
- Até amanhã. -ele respondeu a seco.
- Viu, de novo. -provoquei.

Eu gosto de provocar o Liam quando ele está bravo assim comigo, por que eu sei que só estou aumentando a raiva dele e que ele provavelmente não aguenta até o dia seguinte, mas dessa vez ele aguentou. Durante a noite eu esperei que ele descesse para falar comigo e eu pediria desculpas, mas ele não saiu do quarto. Fui dormir era pouco mais de uma hora da manhã. Não foi uma noite boa, acordei mais cansada do que disposta e não me lembrava do meu sonho. Quando era umas oito horas, Liam desceu as escadas com os pés pesados e parou perto da porta. Eu já estava pronta desde uns quinze minutos antes, passei por Liam, sem olhar na cara dele, fui indo para o meu carro, mas Liam me fez parar com um aperto no braço.

- O que foi agora? -perguntei.
- Vamos no meu carro.
- Aé, e pra quê? Pra se você não acreditar no exame eu voltar a pé do aeroporto?! Não, dispenso o convite. -falei e abri o carro.
- E eu vou como se dar negativo?
- Você... bom.... pega um táxi. -respondi e entrei no volante.

Ouvi ele bufar entes de ceder e entrar no banco do carona, passamos a "viajem" inteira sem nos olharmos ou trocar uma sílaba se quer. Chegamos ao hospital depois de atravessar a cidade, aproximadamente uma hora, estacionei e fomos até a recepção.

- Licença, bom dia. -falei à secretária- Eu tenho uma consulta com o doutor Dias.
- A senhora é SeuNome Kinner?
- Sim, eu mesma.
- Tudo bem, última sala no corredor.
- Obrigada.

Olhei para o corredor e me deparei com aquele imenso canudo branco, como podiam chamar essa coisa tão comprida de corredor? Ta mais para uma pista de corrida de 75 metros ou mais. Comecei a andar, sem reclamar, mas o primeiro a abrir a boca foi o Liam.

- Tem certeza que é nesse corredor? Não tinha um menor?
- Esperteza rara, ta vendo um outro corredor aqui? Então é por que estamos no caminho certo.

Chegamos na última sala, e na placa pendurada na porta se encontrava cravado "Dr. Dias".

- Eu disse. -Puxei o ar e bati na porta. Abri uma fresta logo em seguida.- Licença.
- Entrem. SeuNome e Liam não é?
- Sim senhor. -ele apertou a mão de Liam e em seguida a minha.
- Senhorita, gostaria de se deitar na maca, para fazermos o ultra-som, por favor?
- Claro. -respondi e tirei a camisa sensualmente, olhei para Liam e ele revirou os olhos abaixando o olhar.

O médico passou um gel na minha barriga e depois pegou uma maquininha ligada a um computador. Ele começou a passar de leve e eu acompanhava tudo junto com Liam, que tinha os olhos fixos na tela.O médico não falava nada, e isso estava começando a me dar uma certa agonia.

- Bem, aqui está. -ele disse olhando para mim.
- O que foi? -perguntou Liam.
- Se eu puder dar um palpite, acho que são gêmeos.

Por um minuto, eu e Liam nos olhamos. Foi como fogo e gelo se cruzando, eu o queimei e ele derreteu. Liam se sentou na cadeira olhando para o chão sem dar uma palavra.

- Meu rapaz, está muito surpreso posso ver isso. -disse o doutor.
- É que ele não quis acreditar em mim quando falei que estava grávida. -mencionei.
- Então, se eu puder me meter e se minha opinião lhe interessar, aconselho que confie mais na sua mulher rapaz, um homem pode mentir várias vezes sem sentir ou demonstrar, uma mulher não.

Eu e Liam saímos do consultório e paramos em um café, tínhamos muito para decidir.

- Você... vai mesmo pro Alabama?
- Não. -ele disse.- Como eu te deixaria aqui? Agora que eu sei que são dois.
- Me deixaria se fosse um só?
- Sinceramente falando. -ele virou a cabeça na minha direção.- Eu não seria capaz de deixar uma criança linda e uma mulher perfeita para trás.

Eu olhei para ele. Ele olhou para mim. Nós sorrimos juntos e em seguida, nos beijamos.

- Liam?
- O que foi?
- Acho que vamos ter que nos mudar para um lugar maior. São dois!
- Verdade. -ele disse pensativo.- Vamos resolver isso, relaxa.




Continua...
-----------------------------------------------------
Olá minhas vidas, como estão? Saudades de vocês!
Seguinte amores, o teclado do meu computador quebrou, estou escrevendo pelo da minha mãe em quanto ela não está. Mantenho o blog em segredo, o que tem no blog, fica no blog hahaha.
Agora eu acho que só falta o Epílogo e fiiiiiim!!! Aleluia! O que estão achando?
Beijos da Têh


2 comentários:

  1. perfeito *O*

    amor segue meu blog,pf nao sei onde divulgar-lo ):
    http://betterlandfics.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Este blog está aberto exclusivamente a leitores convidados

      http://betterlandfics.blogspot.com/
      Parece que você não foi convidado para ler este blog. Se achar que trata-se de um engano, recomendamos que você entre em contato com o autor do blog e solicite um convite.

      Você está conectado como magnnaluiza@hotmail.com - Conecte-se com uma conta diferente

      Olha o q apareceu /\

      Excluir