Criminal - Capítulo 37

| | |
"CRIMINOSO."
"- Obrigada por me fazer sentir como é estar preocupado com uma pessoa que você ama de verdade, obrigada por não ter ido embora naquele dia em que eu disse." - Criminal.
POV Niall.

                Nós estávamos na cola de Alfredo, e de repente eu vejo o carro tombando diversas vezes, eu comecei a gritar diversas vezes não. Isso não poderia ter acontecido, não poderia. Eu não vim aqui para isso, e se Alfredo ainda não morreu ele vai morrer, senti minha raiva queimar em mim ainda mais. Fui diminuindo a velocidade e os outros também. Esperei o carro parar de tombar e então parei o carro no meio da pista mesmo. Peguei a arma no banco e então saí do carro apontando.

- ALFREDO SEU DESGRAÇADO! – gritei com raiva.

                Eu v uma pessoa saindo do carro, mas ela carregava alguém. Eu esperava que fosse Julie, que ela esteja viva, por favor. Logo vi a pessoa se levantando junto com alguém, estava escuro e logo vi quem era. Alfredo estava de pé com Julie. Sua testa escorria sangue e ela estava apagada, não... Ela não poderia ter morrido.

- Solta a arma agora Niall! – Alfredo gritou – Se não eu mato ela! – ameaçou.
- Como você vai matar ela se ela já morreu, e o único que vai morrer aqui é você! – gritei novamente e ele riu.

                Escutei a porta dos carros batendo e eu acho que todos estavam saindo do carro.

- Ela está viva, mas se você não soltar essa arma agora ela morre – falou apontando a arma para a cabeça dela.

                De repente me deu uma esperança e a minha vontade era de matar mais ainda Alfredo, eu só queria um sinal de que ela estava viva mesmo, que Alfredo não estivesse inventando nada daquilo. Somente uma prova, uma. Apertei mais a arma ainda apontando para Alfredo e logo vi Julie pular de susto, ela olhou ao seu redor. Logo depois olhou para Alfredo que sorria e então ela me viu.

- NIALL – ela gritou e eu me desesperei – NIALL – gritou novamente e pude ver que ela estava chorando, sua testa ainda sangrava muito.
- SOLTA A ARMA NIALL! – Alfredo gritou.
- NÃO! – Julie gritou tentando se voltar.
- PARA AGORA SE NÃO VOCÊ MORRE! – Alfredo falou e Julie parou de tentar sai – Qual vai ser Niall? – perguntou debochado.

                Abaixei minha arma e logo os caras falaram:

- Não acredito Niall, você vai fazer isso mesmo? – Louis falou.
- Qual é cara, não deixa mole para ele não – Harry falou e eu esperei Zayn falar alguma coisa.
- E você Zayn? Não vai dizer nada? – perguntei.

                Ele deu de ombros segurando a arma e eu bufei.

- SOLTA LOGO A ARMA NIALL! – Alfredo gritou e eu fui me abaixando para colocar a mesma no chão – OS SEUS AMIGOS TAMBÉM! – falou.

                Bufei e continuei me abaixando e logo eles fizeram o mesmo. Quando estava quase colocando a arma no chão escutei um barulho de tiro e segurei a arma olhando para Alfredo. O mesmo gritou e então soltou Julie, ela começou a correr na minha direção devagar, corri até a mesma em total desespero. Alfredo começou a atirar e logo peguei a arma e então mirei em sua mão e acertei a mesma que começou a sair muito sangue. Julie havia se assustado e então foi para o lado e colocando as mãos sobre a cabeça. Estávamos cada vez mais perto e eu já poderia senti-la novamente perto de mim.

                Logo não vi mais distância entre nós, ele quase caiu, mas eu a segurei porque ela com certeza estava muito fraca. Abracei-a forte e ela gemeu um pouco de dor.

- Você está bem? – perguntei logo em seguida dando um selinho na mesma.

                Ela assentiu fraca escorrendo lágrimas de seus olhos, sua respiração estava pesada. De sua testa saia sangue. Logo meu olhar foi direcionado para Alfredo.

- Hey alguém segura ela aqui? – perguntei para os caras.

                Deixei Julie lá e caminhei pisando forte até Alfredo, minha raiva estava se consumindo e o meu desejo de matá-lo era maior. O mesmo gemia de dor e eu dei um sorriso por ver esse verme estar sofrendo. Parei em sua frente e agora que eu me toquei. Quem foi que havia dado o tiro. Depois eu resolvia isso. Olhei para Alfredo que segurava sua mão e seu pé.

- Alfredo – sorri – Querido Alfredo.
- Vai pro inferno – ele falou.
- Belas palavras, mas acho que não vai ser eu – sorri maldosamente e me abaixei até ele – Vou ficar olhando você sofrer um pouco o que acha?
- Já disse para ir para o inferno.
- Bem, não são essas palavras que eu queria ouvir, mas já que você quer assim – falei segurando o mesmo pela gola e fazendo-o se ajoelhar.

                Agora eu iria ter a minha vingança, a vingança que eu tanto esperava. Olhando para o que eu havia feito me fez lembrar do dia em que Camille foi morta, pelas mãos desse verme. Minha raiva aumentou mais, mas com toda a certeza a maior foi porque ele fez com Julie.

- Você vai pagar por tudo o que fez Alfredo! – ele deu risada.
- Está falando porque eu matei Camille? – sorriu e eu coloquei a arma em sua cabeça.
- Já chega! – esbravejei com raiva – Me diga agora quem é que manda em Londres?
- Vai para o inferno Niall! – falou.
- Resposta errada – falei e dei um tiro em seu braço.

                O mesmo gritou de dor e eu sorri. Eu iria me divertir um pouco com ele.

- Eu vou perguntar até que você me responda. Quem é o maior traficante de Londres?
- Eu é claro – falou sorrindo, mas com uma cara de dor. Ele estava suando e eu dei risada e dei mais um tiro em seu braço.
- Mais uma resposta errada Alfredo – falei – Isso é muito ruim não acha?! Mais uma vez então? – perguntei sorrindo – Tudo bem, mais uma vez. Quem é o maior traficante e quem manda em Londres querido Alfredo?
- Me mata logo de uma vez! – gritou e eu dei risada olhando para os caras que estavam caminhando para cá e começaram a rir.
- Alfredo implorando para ser morto! Essa é nova. Preciso que alguém grave o que ele disse para mim, poderia repetir novamente?! – sorri e então voltei a minha cara seria e dei mais um tiro em seu braço.
- PORRA! – ele gritou.
- Isso não foi nada pelo o que você fez com Julie! – falei com raiva – Eu vou perguntar mais uma vez Alfredo. Quem é o maior traficante de Londres e quem é que manda em Londres mesmo?
- VOCÊ! – gritou.
- Isso mesmo querido, eu. – falei e logo dei um tira na cabeça do mesmo.

                Seu corpo foi para trás e caiu contra o chão. Mexi com o pé em seu corpo vendo se ele continuava vivo, mas não. Havia sido morto com sucesso. Agora eu deveria ver quem havia atirada em Alfredo primeiro, caminhei apontando a arma para frente e logo fui em direção ao carro. Havia alguém  ali, estava sentada e assim que eu apontei a arma escutei Julie gritar:

- NÃO!

POV Julie.

                Eu havia visto Carolayne saindo do carro e então logo a mesma sussurrou para eu correr e então ela atirou em Alfredo. Eu corri igual uma desesperada e com todas as minhas forças para Niall. Eu quase havia caído também, mas logo ele me puxou para ele, e eu senti que estava segura.

                Louis veio correndo e me puxou para ele. Deu um abraço em mim apertado e então sussurrou “Tudo vai ficar bem, não se preocupe”, assenti e ele sorriu fraco. Logo veio Harry que me abraçou e eu gemi de dor, “Me desculpa, como você está? Não você não está bem, mas vai ficar.” Logo Zayn veio até mim, ele me abraçou e então eu comecei a sussurrar diversas desculpas para ele, “Depois a gente conversa, que bom que você está bem. Fiquei preocupado com você.” Ele falou para mim e logo caminhamos mais para perto de Niall. Assim que estávamos chegando mais perto eles começaram a rir e eu não entendia o por que.

                Coloquei minha cabeça contra o peito de Zayn e fiquei lá, não querendo escutar nada que Niall dissesse. Somente depois de alguns minutos eu escutei mais alguns tiros e então não escutei mais nada. Logo me virei para ver o que Niall iria fazer e vi o corpo de Alfredo caído no chão, tampei minha boca e olhei para Niall. Logo o mesmo estava indo para o carro apontando uma arma, e então eu me lembrei que Carolayne estava ali.

- NÃO! – gritei e corri para o mesmo.
- O que foi Julie? – Louis perguntou.
- Niall o que você vai fazer? – perguntei parando ao seu lado – Você não vai matar ela.
- Ela? Ela quem Julie? – Niall perguntou.

                Olhei para Carolayne que estava sentada próxima ao carro. Ela estava ofegante e eu corri para a mesma.

- Julie não – Niall falou.
- Como você está? – perguntei me sentando ao seu lado – Obrigado – falei – Obrigado por tudo.
- Estou bem – sorriu fraco – só preciso de um médico – falou e eu pude ver que sua testa também saia sangue.
- Quem é você? – Niall perguntou apontando a arma para a mesma e logos os outros três vieram atrás.
- Eu era da equipe de Alfredo – falou.
- Então tentou matar Julie não é? Você vai mor...
- NÃO NIALL! Ela foi quem me ajudou! Foi ela quem colocou o fogo na casa, foi ela quem enviou tudo para você. Não é Carolayne? – ela assentiu.
- E porque ajudou Julie? – Niall perguntou e Carolayne respirou fundo.
- Eu sei o que aconteceu com Camille, eu estava junto e não é legal ver alguém que você ama morrer. Eu sei disso porque já aconteceu comigo – ela falou.
- Será que podiam levar ela para o hospital? – perguntei.
- Tudo bem, podem levar ela para um carro e...
- Pode ser no meu, levo ela até o hospital – Zayn falou.
- E obrigada – Niall falou para a mesma que assentiu e logo Zayn a pegou no colo e eu continuei lá sentada.

                Logo Louis e Harry foram logo atrás de Zayn e Niall ficou parada na minha frente.

- Julie? – perguntou.
- Pensei que você não iria vir – falei já sentindo escorrer lágrimas de meus olhos, logo o encarei e o mesmo se abaixou na minha frente.
- Mas eu vim – falou passando o polegar sobre minha bochecha – Eu jurei para mim mesmo que iria até os confins do mundo para pegar você. E olha só onde eu estou – sorriu e eu sorri fraco – Obrigado – ele falou e eu não entendi.
- Obrigada por quê? – perguntei.
- Obrigada por me fazer sentir como é estar preocupado com uma pessoa que você ama de verdade, obrigada por não ter ido embora naquele dia em que eu disse.

                Suas palavras pareciam muito sinceras, ele sorria e eu não consegui acreditar no que ele havia dito. “Com uma pessoa que você ama de verdade”, ele me amava?

- Você me ama? – perguntei sorrindo fraco e ainda escorrendo lágrimas de meus olhos.
- Mais do que você possa imaginar – falou sorrindo e eu não pude conter um sorriso.
- Você não acha que isso está sendo meio gay? – perguntei rindo.
- Você vai ver o gay quando a gente chegar a um lugar – sorriu e eu dei uma risada alta.
- Então vai querer me sequestrar de novo? – perguntei sorrindo.
- Não, você dá muito trabalho para o criminoso aqui – ele sorriu e logo colou seus lábios nos meus.

CONTINUA...
Olá criminosos hahaha. I'm back, estou de volta para vocês. Então o que acharam do capítulo? Digam que gostaram por favor. Depois de três semanas eu vim aqui postar para vocês, me desculpem a demora, de verdade, eu só consegui escrever agora e a outra fanfic eu postei semana passada ainda. Vou tentar escrever mais rápido, já que é carnaval, mas eu só tenho aula no senai à tarde, então... Bom é isso. Me digam o que acharam do capítulo, por favor. Obrigada. O que acharam também da capa? Sério, Julie tá andando muito com o Niall, eu sendo uma idiota hahaha. 2.0 JUSTIN BIEBER \Õ/ kkk. Beijo e obrigada por esperarem de verdade, muito obrigada galerinha.
PS: Criminal está acabando.
ASK.FM. - perguntem sobre a fanfic e qualquer coisa.

30 comentários:

  1. Perfeitoooooo! continua logo por favor eu não aguento mais esperar eu morro de curiosidade... Sobre aquela outra fanfic com o Niall você vai postar aqui ainda??
    xx Luh

    ResponderExcluir
  2. Continuaa ta perfeitooo

    ResponderExcluir
  3. continuuaaa a fic do liam,por favor

    Dudaah

    ResponderExcluir
  4. Ai meu heart! Ja está acabando aaah! Muito liamdo o reencontro deles, espero q vc continue logo
    xoxo Duda

    ResponderExcluir
  5. Olha, parabéns ta mt bom kra........ mas uma pergunta.....o próximo é hot hahah tomara q seja ;) bjss

    ResponderExcluir
  6. Mdssssssssss quanta perfeição

    ResponderExcluir
  7. Peeeeeerfeito! Contiua rápido,please! Alias,já ta acabando?

    ResponderExcluir
  8. Diva perfect d+ ahazzo!!!! Quer mais ?? Haha continua assim q puder... Mds to louca por essa fic... ~le eu fazendo cosplay de alfredo~ morta feat nick minaj... Amo muito, vc escreve super bem, ta divonica!! Ai mds, eu odeio esses termos mas olha o q sua fic fez comigo!!! Haha #umaSonhadoraChamadaBia

    ResponderExcluir
  9. Cara eu amei isso serio foi perfeito , de todos, capitulos de Criminal eu amei esse!!! Sim, meu bebê fez 20 anos :'(.

    ResponderExcluir
  10. Haaaa esse capitulo ficou perfeito continua logo pf

    ResponderExcluir
  11. pq ta acabando ? ai mdss é a 1ª temporada O.O

    ResponderExcluir
  12. Continua pelo amor de Deus *--------*

    ResponderExcluir
  13. continua pelo amor de Deus *-------* muito perfeita

    ResponderExcluir
  14. OMJ, ta Per-fect... Continua por favor, to amando. *-----*

    XX Marina Martins

    ResponderExcluir
  15. Please, continua to amandoooooooooo.

    Lucy Malik

    ResponderExcluir
  16. Continuaaaaa pelo amor de Deus *-*

    ResponderExcluir
  17. Continuaaaaa,ta muito boa!!

    ResponderExcluir
  18. posta logo o 38 amor

    ResponderExcluir
  19. PELO AMOR DE DEUS PELO AMOR DE DEUS POSTAAAAAA, VC FOI NO SHOW DA 1D? VC VAI? AHHH MEUDEUS

    ResponderExcluir
  20. a jennifer morreu foi???? faz mais de um mês q ela postou

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. HAHAHAHAHAHAHAHA AMEI

      Excluir
    2. GENTE QUE DEMORA, EU ESTOU TENDO CONVULSÕES EU NECESSITO, EU NECESSITO DE UM NOVO CAPITULO!!!!!!!! *-*

      Excluir
  21. MDSSS!! não vai postar mais naooo????!! pirando akiiiii

    ResponderExcluir
  22. POSTA LOOOOGO TO CURIOSA AKI!!QUERO SABER DEPOISS

    ResponderExcluir
  23. Garota continua. Ah e a Julie levou tanto tapa na cara q MDS mais eu aaamei

    ResponderExcluir
  24. CONTINUA POR FAVOR ESTOU A MORRER DE CURIOSIDADE!!!!!!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  25. GENTEE CADE A ATUALIZAÇÃO TO PIRAAANDO !!!!!!

    ResponderExcluir