Longfic Harry Styles - Na batida do seu coração

| | |

Capitulo 7 (inverno-começo)

Penúltimo + Hot

  Fotos da Linha do tempo | via Facebook

América: E-Eu...
Harry: Você aceita?
América: É claro que eu aceito! -falei abraçando-o novamente-

América P.O.Vs

    Os dias viraram semanas, e as semanas viraram meses, e aqui estou eu no altar prestes a me casar com o homem da minha vida, é uma cerimônia simples porém muito significativa. Assistindo estão meus pais e os de Harry, somente quem deveria estar, além do mais é só uma pequena capela. É a hora que cada um dos noivos tem a oportunidade de dizer o quanto ama o parceiro e o que espera dessa união. Harry se vira sorrindo olhando em meus olhos e segurando minha mãos começa a dizer:

Harry: A Méri é minha vida, é engraçado como ela conseguiu se tornar minha metade em menos de um ano. Em meio as circunstâncias que nos encontramos e ainda estamos passando, encontrei o caminho para nos unirmos de corpo e alma em um só, um só amor. A Méri chegou na minha vida mudando tudo, arrancando qualquer vestígio de dor, ódio ou tristeza, tudo isso com seu coração doce, sua paz angelical, seu meigo sorriso. Eu te amo minha Méri, e agora finalmente posso te chamar de minha verdadeiramente.
Pastor: Agora é a vez da noiva. -disse o pastor-
América: Eu escrevi algumas palavras, poucas na verdade. -sorri- Enfim: "Eu não vim fazer juras, nem promessas. Estive na sua vida por esse curto período de tempo com a intenção de mostrar a você o quanto nós poderíamos ser felizes... Mas fui condenada antes disso...


América: Lembra-te, amei você todos os dias em que estivemos juntos. (-Vera Waterkemper) E espero continuar te amando meu Harry, você é tudo pra mim, e se algum dia a vida me tirar de você, guardei algo embaixo da cama. -sorri- Eu te amo.
Pastor: Agora, Harry Edward Styles, aceita América Rose Singer como sua legítima esposa para amar e respeitar até que a morte os separe?
Harry: Aceito. -sorriu-
Pastor: América Rose Singer, aceita Harry Edward Styles como seu legítimo esposo para amar e respeitar até que a morte os separe?
América: Eu aceito.
Pastor: As alianças?
Harry: Ih, sabia que tinha esquecido alguma coisa!
América: Esqueceu as alianças? -perguntei incrédula-
Harry: Jamais esqueceria as alianças. -falou sorrindo tirando a caixinha do bolso-
Pastor: Então eu vos declaro marido e (Larry rsrs) mulher, pode beijar a noiva.
Harry: Me dá um beijinho?! -falou sorrindo-

    Harry colocou as duas mãos sobre meu rosto e colou nossos lábios em um delicado beijo. Eu mencionei que nossa lua de Mel será no Havaí? Pois é, será. Meus pais e os de Harry compraram passagem+hospedagem por um bom preço, eles vão dividir e cada um pagará uma parcela da prestação, enfim espero que seja a melhor semana da minha vida.

1 de Julho de 2011 - 21:30 p.m/ Havaí

     Eu e Harry acabamos de voltar do jantar que teve apresentação especial das dançarinas de ula, eu nunca havia participado de um luau antes, o calor aqui é maravilhoso e me faz tão bem!

Harry: Que tal se assistíssemos um filme?
Méri: É uma ótima ideia, vou tomar um banho e você pode ir escolhendo o filme, tudo bem?


Harry: Claro. -me selou-

     Saí do quarto e fui para o banheiro, me despi e entrei na ducha, peguei o sabonete mais cheiroso que encontrei e me lavei com ele. Terminei o banho e me sequei, passei creme no corpo inteiro e abri minha mala, comprei algo especial pra minha primeira noite ao lado de Harry, só não sei se tenho coragem de usar, ou melhor, de mostrar a ele.

      Tirei da embalagem e coloquei em mim, me olhei no espelho e não acredito que vou fazer isso, me mostrar dessa maneira pra um homem, mas não é um homem qualquer, é o meu homem. Coloco o roupão por sima da lingerie ousada e vou para o quarto, Harry está deitado na cama com o controle da TV em mãos. Quando me vê abre um sorriso e diz:

Harry: Eu pensei da gente assistir Como se fosse a primeira vez, eu sei que você adora esse filme.
Méri: Sim eu adoro. -sorri- Mais eu estava pensando em outra coisa.

                                  

Harry: Um amor para recordar não por favor. -falou com voz manhosa-
Méri: Harry...
Harry: Ta bom ta bom, eu assisto com você.
Méri: Eu estava pensando nisso.

                        

      Mordi os lábios e tirei o roupão, Harry arregalou os olhos e depois de alguns segundos após o choque, deu um sorriso torto jogando o controle no sofá ao lado dizendo:

Harry: Quem precisa de filme?
Méri: -sorri-

       Harrry se levantou vindo em minha direção e me beijando intensamente, suas mãos começam a se mover pelo meu corpo e deixo escapar um gemido de frente a sua boca.

                     

 Ele aperta minhas coxas e sobe sua mão para meu bumbum apertando-o com força, posso sentir sua ereção de encontro a minha intimidade e devo dizer que isso me excita muito. Harry me carrega até a cama ficando por cima de mim e desabotoando meu sutiã deixando meus seios a mostra, sinto a vergonha tomar conta de mim, mas Harry não dá tempo pra ela se aprofundar já que abocanha um de meus seios chupando com força, eu gemo de prazer.

       Ele desce e tira minha calcinha jogando-a longe, então tira sua bermuda ficando apenas de cueca. Ele passa a língua pelos lábios num gesto muito sensual e em poucos segundos sua boca está percorrendo toda minha intimidade. Oh Meu Deus! Isso é ótimo, sua língua circula meu clitóris de maneira rápida, é delicioso e nunca senti isso antes. Então voltando a me beijar, Harry tira sua cueca deixando seu membro à mostram, é grande e está bem duro, sim eu espiei por baixo.

      Ele me olha com aqueles brilhantes olhos verdes como se estivesse pedindo permissão, que coisa mais clichê, ele é meu marido não precisa de permissão. Faço que sim com a cabeça e então ele me penetra vagarosamente, isso doe, seus ritmos são lentos e suaves, a dor se transforma em prazer e os movimentos lentos não me satisfazem mais.

Méri: Mais rápido. -imploro-

       Ele me fita e então começa a socar com mais força em movimentos de vaivém, seu membro me preenchendo por dentro e depois saindo, a pressão por dentro de meu corpo. Harry vai mais rápido e mordo os lábios de prazer para não gemer. Oh, isso é delicioso, ele soca mais uma vez e outra e outra, eu gemo, Oh. Sinto meus músculos se enrijecerem e então eu explodo em milhares de pedacinhos num maravilhoso orgasmo. Harry deita ao meu lado abraçando-me de lado e beijando minha testa.

Harry: Eu te amo minha Méri.
Méri: Eu te amo mais meu Harry.

Acho que esse capitulo não saiu la aquelas coisas, mais enfim, se tiver bastante comentários eu posto o último capitulo ainda hoje! Bjuss ♥ -Deh

7 comentários:

  1. Continuaaaaaa
    Ahhh cara nao acredito que ta acabando :( :( :( :( :( :(
    Esta tao linda essa fic *-*
    bjoooo

    ResponderExcluir
  2. Ameeei, posta logi desssa vez diwa

    ResponderExcluir
  3. POSTAAA LOGOOO
    PERFEITOO

    ResponderExcluir