Criminal - Capítulo 31

| | |
"Eu tive um sonho."
Quando uma criatura humada desperta para um grande sonho e sobre ele lança toda a força de sua alam, todo o universo conspira a seu favor. - Johann Goethe.
POV Julie.

                Eles haviam me jogado dentro de um carro sem mais nem menos. Nós havíamos saído correndo de dentro daquele lugar, eu não havia nem me secado direito. Só deu tempo de colocar toda a roupa e jogar a toalha no banheiro porque Carolayne estava batendo na porta diversas vezes e me mandava andar mais rápido.

                Eu não sabia para onde eles estavam me levando, haviam colocado um capuz em minha cabeça. Eu só escutava Alfredo berrar mais a frente. Eu havia começado a gritar um monte dentro do carro enquanto passávamos pelos carros. Alfredo gritou para Carolayne que estava ao meu lado me fazer ficar quieta. Eu continuava gritando e logo tiraram o capuz da minha cabeça e colocaram um pano na frente da mesma. Eu apaguei no mesmo instante.

                Eu tive um sonho. Comecei a sonhar em mim e em Niall. Nós subíamos em uma moto e depois nós sorrimos um para o outro antes de colocar nossos capacetes. Niall ligou sua moto e então eu logo em seguida sentindo a mesma tremer em baixo de mim. Dei um sorriso antes de tirar o pé do chão, eu estava andando em uma MV Agusta F3 675, era totalmente incrível. Eu acelerei e logo vi Niall ao meu lado sorrindo, ele passou por mim e eu sem perder mais tempo acelerei logo o alcançando. Nós entramos em um túnel e começamos a passar por todos os carros em alta velocidade, desviávamos dos carros. Escutamos as sirenes da polícia, dei uma risada antes de acelerar mais e passando por mais e mais carros. Niall fez um sinal para mim apontando para uma estrada que tinha logo ali na frente saindo do túnel, ele desligou a luz e logo passou para frente do caminhão, fui atrás dele e logo a estrada. Ele virou e logo voou um pouco e caiu com os pneus no chão, era a minha vez. E lá fui eu, voei igual ele e logo senti os pneus na moto batendo no chão. Liguei a luz e segui Niall que estava mais abaixo. A polícia já havia passado.

                Isso era tão incrível, eu me sentia mais livre andando de moto.  Acelerei e logo eu e Niall estávamos lado a lado. Niall virou e logo subimos novamente, nós iríamos para o centro dar uma volta. Ele acelerou me deixando para trás e aposto que ele estava rindo da minha cara. Com raiva do que ele poderia estar fazendo acelerei passando pelos carros e escutando diversos buzinarem. Assim que estava próxima de Niall eu acelerei mais e passei por ele buzinando. Escutei uma buzina e logo ao meu lado estava Alfredo, sorrindo maldosamente.

                Acordei me sentando. Eu estava em um quarto totalmente escuro. Me levantei da cama e comecei a socar a porta com toda a minha força, sentia lágrimas escorrerem pelo meu rosto eu me sentia fraca. Deixei minha cabeça sobre a porta e fechei meus olhos. Eu preciso de Niall, eu preciso de Nataly, eu preciso de todos. Soquei mais uma vez a porta e fui me sentar em um canto do quarto. Escorei minhas costas na parede e fui escorregando até o chão. Dobrei minhas pernas e apoiei minha cabeça entre a mesma passando os braços ao redor das minhas pernas. Comecei a chorar. Eu me lembrava de Nataly sorrindo para mim, eu me lembrava de Niall e a última coisa que eu e ele havíamos feito era brigar. Por uma coisa totalmente idiota.

                Eu tinha que fugir dali. Eu não acreditava muito no que Carolayne havia me falado. Ela disse que ia me ajudar, mas eu não acreditava nela. Talvez ela quisesse me enganar, ou sei lá. Eu só sei que eu não poderia ficar aqui, eu não queria mais apanhar daquele monstro nojento do Alfredo. Ninguém merece isso, meu estomago ainda dói com o soco que o mesmo havia me dado.  Na hora eu senti que podia vomitar tudo, eu me contorcia de dor. Preciso sair daqui, não quero mais sentir essa dor.

POV Niall.

- NÃO TEM NINGUÉM AQUI! – gritei com raiva.
- A gente vai achar ela cara – Harry falou.
- Mas aqui era o lugar – Louis falou olhando em redor – aqui era o endereço.
- EU SEI. MAS NÃO TEM NINGUÉM AQUI – falei.
- Encontrei uma toalha molhada – Zayn apareceu descendo uma a escada.
- Eles estiveram aqui... – falei.
- Eles descobriram que nós estávamos vindo – Harry falou.
- O que a gente faz agora Liam? – Louis perguntou.

                Liam estava no celular dês da hora que havíamos chegado aqui. Ele ficou quieto por minutos e agora Louis estava perguntando o que deveríamos de fazer.

- Vocês devem dormir – ele falou.
- O QUE? – eu gritei – Só pode ta zoando com a minha cara não é?
- NÃO NIALL. EU NÃO ESTOU. E ainda mais, estou falando sério. Não dormem a horas.
- Não vou fazer isso – falei.
- VAI SIM. Não vai ajudar Julie em nada quando chegar a hora. Quando estiverem no meio de um tiroteio capaz de levarem um tiro na cara de sono.

                Bufei, mas ele estava certo. Eu podia ver que todos estavam cansados. Todos estavam com manchas em baixo dos olhos. Não podíamos continuar caindo de sono.

- Tudo bem. Somente por algumas horas – falei.
- Acho bom – Liam falou – Vou tentar localizá-los. Envio para vocês daqui a sete horas – ele riu.
- O QUE?
- Bons sonhos para vocês – então ele desligou.
- Então? – Harry perguntou.
- Então vamos dormir – falei.
- Mas...
- Escutou Liam não é? Vamos logo – falei.

                Depois que Liam falou para nos dormirmos eu comecei a me sentir cansado. Meus olhos estavam pesados, eu queria dormir. Eu precisava de uma cama urgentemente. Era como se meus músculos respondessem a palavra usada.

                Acordei com o meu celular tocando. Levantei em um pulo e logo baguncei meus cabelos mais ainda. Cocei meus olhos e peguei o mesmo em cima da mesinha.

- Alô? – falei ao atender.
- Niall...
- Quem ta falando? – perguntei.
- Niall...
- Quem ta falando – perguntei me sentando na cama e me concentrando.
- Niall, eu preciso de você – falou.
- Julie? – perguntei me levantando já alerta.
- Niall, por favor – falou chorando.
- Onde você está? – perguntei.
- Eu... Eu não sei – falou.
- Como você conseguiu me ligar?
- Uma garota está me ajudando, por favor, Niall...
- COM QUEM VOCÊ ESTÁ FALANDO? – escutei uma voz.
- NIALL – escutei a mesma gritar e então ficou mudo.

                Abri minha boca em um perfeito ‘o’.  Eu não sei quantas horas nós havíamos dormido, mas teríamos que sair agora mesmo. Coloquei minha camisa e disquei logo o celular de Harry.

- Alô? – falou.
- Harry camarada, acorda todo mundo... Temos que ir – falei.
- Mas...
- Julie ligou – falei.
- Vou chamar os caras – falou.

                Desliguei o celular e logo disquei o celular de Liam, o mesmo atendeu.

- Eu não falei que eu ligava para vocês?
- Eu sei cara, mas Julie ligou – falei.
- Ela ligou? – perguntou.
- Sim ela ligou, quero que rastreie o local da ligação – falei.
- Eu vou tentar cara – falou.
- Beleza. Vou encontrar com os caras. Falou – e então eu desliguei.

                Comecei a discar uma mensagem para Harry, onde nos encontrar. Desci e fui até a recepção, paguei pela minha dormida no hotel e a recepcionista piscou para mim, dei um sorriso de canto e pisquei de volta para a mesma.

                Peguei o carro que estava estacionado e logo comecei a andar por Miami. Onde Julie poderia estar? Onde ela poderia estar? Fiquei tão desligado que nem percebi que tinha gente que buzinava para mim andar, o sinal já estava aberto. Revirei os olhos, patéticos. Acelerei o máximo que pude e logo deixei todos aqueles babacas para trás. Nós iríamos nos encontrar em uma sorveteria, estranho não é?

                Quando eu pegar Julie quero levá-la para tomar sorvete. Deve ser legal. Quando eu pegar Julie e nós estivermos bem longe dali, onde Alfredo iria morrer eu queria levá-la para Irlanda. É claro que Nataly iria junto.

                Eu escutava buzinas de todos os lados. Acelerei mais uma vez e havia uma travessia logo a frente, onde se passava carros indo e vindo. Dei um sorriso e acelerei. Eu não Poderia passar por aqui em fazer um estrago. Acelerei mais ainda e logo vi uma trilha de carros, passei correndo e escutei o barulho de buzinas e batidas, sorri com isso e logo passei para o outro lado da pista. Dei um soco no volante ainda rindo e parei de acelerar, iria dirigir normalmente.

                Minutos depois escutei os carros de polícia. Droga.Acelerei e logo escutei eles vindo atrás de mim.

- CARALHO – falei com raiva já.

                E para piorar a minha situação o celular que estava no carro começou a tocar.

- Só o que faltava mesmo – falei.

                Atendi o mesmo e logo percebi que era Liam.

- Fala logo cara – falei nervoso.
- Nossa Niall, ta de mau humor ein.
- To sendo perseguido caralho – falei.
- O que você fez?
- Sabe que eu não suporto passar em uma cidade sem fazer um estrago – falei.
- Mas é idiota mesmo – falou.
- FALA LOGO LIAM – falei mais bravo ainda.

                Virei o carro e deixei o mesmo derrapar na pista. Logo estava seguindo outro caminho.

- Não tenho boas notícias – falou.
- Não pode piorar, isso que eu estou passando não é uma boa notícia – falei.

- É sobre Julie – falou.

CONTINUA...
Olá galera. Me desculpem pela demora para postar o capítulo. Muito obrigada pelos comentários no capítulo anterior, se tiver gente nova por ai sejam bem vindos. Mil beijos galera, não esqueçam de comentar hahaha. Beijo e até a próxima.

13 comentários:

  1. Amei esse capítulo!!! Como todos outrso, mas vc tem o dom de parar na melhor parte ! Posta logo, ta perfeito, bj ;*

    ResponderExcluir
  2. CRIMINAL, CRIMINAL, CRIMINAL, CRIMINAL AHHH NIALL SÓ FAZ MERDA, VOU DAR UM CHUTE NESSE MENINO >< Eu quero a Julie de novo, ela e o Niall juntinhos *u*

    ResponderExcluir
  3. Continuaa logoo!! Tá perfeitooo!
    xx Luh

    ResponderExcluir
  4. Eu.....preciso.........do..............capitulo.........,32..........amanhã/hj

    ResponderExcluir
  5. awwwwn' meu josh que perfeição !!
    Xx: Leticia b.

    ResponderExcluir
  6. continua logoooooooo.. esta muito boa essa fic

    ResponderExcluir
  7. Continuaaaaaaaa! tá muito perfeito

    ResponderExcluir
  8. posta logoooo, ficou otimo espero que o fim esteja muitooo longe

    ResponderExcluir
  9. AHHHH to curiosaaa por favor conitinua pelo amor de deus eu to amando e extremamente curiosa anciosa pelo proximooo continua plesinhooo ...AMANDO A FIC ta perft >.<
    Ps:Lenah

    ResponderExcluir
  10. Continua pelo amor de jesus cristo!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!111

    ResponderExcluir
  11. O qq tem a Julie?????? Caraa O.M.G vc sabe msm como deixar todos loucos hien! ksksksk Vc escreve muito bem, mais os textos são um pouquinho curtos..seilá.

    ResponderExcluir